Espaço destinado aos relatos críticos de andanças pelos botecos belo-horizontinos, assim como aos pitacos sobre outros lugares quaisquer.
Traduzir para ChinêsGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain

terça-feira, 8 de março de 2011

Zur Kneipe Canapé - 23/02/11 (Estabelecimento fechado)

Eis um alemão autêntico em nossa BH. Do ambiente ao cardápio, passando pela razoável carta de cervejas, tudo remete ao país de origem da casa.

Iniciamos por um mediano salsichão de vitelo com tiras de pão de alho (R$ 10,90), destacando-se o molho de mostarda que o acompanha. Em seguida experimentamos o seu ótimo joelho de porco (ou Eisben, a R$ 35,00), crocante por fora e suculento por dentro, que é acompanhado por batatas assadas e o legítimo chucrute. Tudo regado a muito chope de uma marca desconhecida, pelo qual pagamos R$ 4,90 a tulipa.

Os sucos naturais (R$ 3,50) se restringem aos comuns limonada e laranja. Já as sobremesas são um capítulo a parte: Tanto a pera caramelada como o Strudel de maçã, ambos a R$ 5,20, foram protamente aprovados.

Destaque ainda para o atendimento do Ronaldo, que aliado a todo o restante da obra, culminou em uma nova avaliação positiva do "Canapé", dez anos após a minha primeira visita ao local.

===

Atualização:

Retornando no dia 22/09/12, percebi uma considerável queda nos quesitos atendimento e cozinha. O primeiro estivera relapso ao longo de toda a nossa estada, e o segundo é hoje degradante, com produtos de baixa qualidade e preparos poucos cuidadosos.

Antonius Bar e Petisqueira - 20/02/11 (Estabelecimento fechado)

O endereço continua no lugar de sempre, na Rua Antônio de Albuquerque, 55, Savassi. Já o salsichão (R$ 14,50, recheado com queijo e acompanhado por pão de alho) infelizmente não é mais o mesmo, pois sua famosa salsicha artesanal, que fez o nome do Bar, deu lugar a uma outra industrializada, que não chega perto da anterior. Além do mais, não foi frita da maneira correta, e estava fria por dentro. Seriam reflexos da mudança de dono?

A localização eu permaneço considerando estratégica, bem no meio da Savasi, assim como o convidativo clima para acompanhar os jogos de Atlético e Cruzeiro. Mas se a qualidade da cozinha caiu, passo a considerar os preços das bebidas incoerentes. Paguei R$ 4,90 na garrafa de Antarctica, enquanto opções não alcoólicas, como a água mineral e o suco natural de laranja custam R$ 3,30 e R$ 4,50, respectivamente.

Em 2011 retorna ao Comida di buteco, para uma nova participação. Mas eu espero que antes disso repensem os detalhes supracitados, de modo que garantam não só a permanente participação no evento, como também a satisfação dos antigos clientes. Aqueles que por inúmeras vezes indicaram aos quatro ventos o Antonius e seus pratos de sotaque alemão como referência em BH.

===

Atuallização: O tradiconal Antonius encerrou suas atividades em 2012

Köbes Bar - 19/02/2011

O Kobes, que fica no número 31 da Rua Raimundo Nonato (Bairro Horto), é sempre uma ótima pedida. Pra não dizer que é perfeito, falta apenas incluir o cartão de crédito dentre as suas modalidades de pagamento.

Se você procura um ambiente informal, o Kobes é este lugar, pois seu espaço foi projetado a partir da garagem e do quintal da residência dos proprietários.

Um atendimento amigável e profissional – apesar de tranqüilo para mais em alguns instantes – você também encontrará por lá.

Sem contar a boa variedade de cervejas premium, como a Serramalte ou a Antarctica Original (R$ 4,85 cada), além das importadas e do chope. Cachaças então existem aos montes, de todas as colorações, tipos de envelhecimento e origens.

Vai petiscar? Comece pelos saborosos e criativos bolinhos de arroz com feijão, a R$ 2,50 cada. Na seqüência cai bem o ótimo – e premiado – Chic Ló (R$ 19,90), cuja receita foi criada para participar do Comida di buteco 2010, e lhe valeu o troféu de terceiro colocado ao final do evento. Trata-se de um guisado de lagarto envolto por jiló à parmegiana. Devo dizer que ainda não conheci quem o tenha reprovado.

Depois de tudo ainda deseja uma saideira? Sem problemas, pois mesmo com as portas fechadas (a partir da meia noite), você não se deparará com garçons jogando a conta sobre a sua mesa. Tudo na base da paz e da cortesia, como deveria ser qualquer boteco.


Notas:

Ambiente: 3
Bebida: 5
Comida (peso 2): 4
Público: 4
Serviço: 4
Custo-benefício: 4

Média final: 4 estrelas